Arquivo da Categoria: Finlândia

Mapa do metrô de Helsinque (Finlândia)

Logo Helsinki Metro

O Metrô de Helsinque (em finlandês, Helsingin metro) é o sistema de metrô que serve a cidade de Helsinque, a capital da Finlândia.

Inaugurado em 2 de agosto de 1982, Esse sistema de transporte subterrâneo tem sido peça-chave na infraestrutura de mobilidade urbana da cidade..

O Metro de Helsínquia tem 2 linhas que se estendem ao longo 43 quilômetros (26.7 milhas) e tem um total de 30 estações. Este sistema de metrô é conhecido por sua eficiência, segurança e integração com outros meios de transporte público da região.

Abaixo mostramos vários mapas do metrô de Helsinque, clique na imagem para aumentá-la:

Mapa do metrô de Helsinque
Mapa del metro de Helsinki. Mapa do metrô de Helsinque.

Horários do metrô de Helsinque

Aqui está a tabela com os horários do metrô de Helsinque (ano 2024):

Dias da semanaHorarios de funcionamento
segunda a sábado5:30 sou. – 11:30 PM.
Domingos e feriados6:30 sou. – 11:30 PM.
Noites de sexta e sábadoAté lá 1:30 sou.
Horário do metrô de Helsinque.

    Website oficial

    Tarifas de metrô

    O sistema tarifário do metrô de Helsinque é simples e acessível. Abaixo estão os preços dos ingressos (ano 2024) juntamente com seu equivalente em dólares americanos:

    Tipo de bilhetePreço em euros (EUR)Preço em dólares (USD)
    Bilhete simples (Adultos, ocultar AB)2.80 EUR3.07 USD
    Bilhete simples (Crianças 7-17 anos, ocultar AB)1.40 EUR1.54 USD
    Projeto de lei de 1 Día (Adultos, ocultar AB)8.00 EUR8.78 USD
    Projeto de lei de 1 Día (Crianças 7-17 anos, ocultar AB)4.00 EUR4.39 USD
    Projeto de lei de 2 Dias (Adultos, ocultar AB)12.00 EUR13.17 USD
    Projeto de lei de 3 Dias (Adultos, ocultar AB)16.00 EUR17.56 USD
    Bilhete mensal (Adultos, ocultar AB)62.70 EUR68.79 USD
    Bilhete Anual (Adultos, ocultar AB)690.40 EUR757.28 USD
    Preços do metrô de Helsinque.

    Considerações

    • Os ingressos podem ser adquiridos nas máquinas de venda automática das estações, através do aplicativo móvel HSL, o mediante SMS.
    • Todos os bilhetes permitem transferências ilimitadas dentro do período de validade do bilhete.
    • Existem taxas reduzidas para estudantes, idosos e outros grupos específicos.

    Para mais informações sobre taxas e opções de compra, visite o site oficial do HSL.

    História do Metrô de Helsinque

    A história do Metrô de Helsinque é uma crônica de planejamento, engenharia e desenvolvimento abrangendo várias décadas. A ideia de construir um sistema de metrô em Helsinque surgiu inicialmente em setembro 1955. Foi nesse ano que foi formada uma comissão sob a direção de Reino Castrén para avaliar a necessidade de um sistema de transporte subterrâneo na cidade.. A comissão apresentou o seu relatório em 1963, propondo um sistema ferroviário leve com um comprimento total de 86.5 quilômetros e 108 estações, uma ideia que foi rejeitada por ser muito cara.

    Em 1967, o plano mudou para um sistema de metrô pesado. As obras começaram em 7 Maio 1969, e uma seção de testes foi construída entre Roihupelto e Herttoniemi em 1971. Porém, Vários problemas técnicos e de corrupção atrasaram a inauguração do sistema até 1982.

    Fases de Construção e Ampliações

    1. Início da construção (1969): A construção do primeiro trecho começou em maio 1969.
    2. Teste inicial (1971): Uma pista de testes foi concluída entre Roihupelto e Herttoniemi.
    3. Inauguração oficial (1982): O metrô foi inaugurado oficialmente em 2 de agosto de 1982, com seis estações da Estação Ferroviária Central até Itäkeskus.
    4. Expansão inicial (1983-1989): Entre 1983 sim 1989, estações principais como Kamppi foram adicionadas (1983), Sörnäinen (1984), Kontula (1986) e Mellunmäki (1989).
    5. Abertura de novas estações (1993-1998): Novas estações foram abertas, incluindo Ruoholahti (1993) e Vuosaari (1998), expandindo significativamente a rede.
    6. Expansión a Espoo (2017-2022): A linha foi estendida para oeste com a abertura do trecho Matinkylä-Ruoholahti em 2017 e Kivenlahti-Matinkylä em 2022.

    Engenheiros e empresas envolvidas

    Reino Castrén, que liderou os esforços iniciais de planejamento, Ele foi uma figura chave nos primeiros dias do projeto. Após sua partida em 1967, Unto Valtanen assumiu a liderança do comitê, supervisionando a transição para um sistema de metrô pesado. Várias construtoras locais e internacionais participaram nas diferentes fases de construção e expansão, garantir que o metrô foi desenvolvido de acordo com padrões modernos de segurança e eficiência.

    Desafios e Conquistas

    O projeto do metrô de Helsinque não foi isento de desafios. Atrasos devido a problemas técnicos e corrupção foram significativos, mas o sistema foi finalmente lançado com sucesso em 1982. Desde então, O metrô tem sido continuamente expandido para atender às necessidades de uma cidade em crescimento e para melhorar a conectividade entre os subúrbios e o centro da cidade..

    História do mapa do metrô de Helsinque

    Criação e Desenvolvimento Inicial

    O mapa do Metro de Helsínquia passou por várias fases de concepção e redesenho desde a abertura do sistema em 1982.

    Os primeiros mapas foram criados por designers locais, encomendado pelas autoridades de transporte de Helsínquia. Esses primeiros mapas eram notáveis ​​por sua clareza e simplicidade., com uma única linha e nove estações, usando marcadores de estação incomuns, mas eficazes.

    Evolução e redesenhos

    Com a expansão do metrô, especialmente com a extensão para Espoo e a abertura de novas estações, os mapas também evoluíram. Em 2017, uma nova versão do mapa foi introduzida para refletir a extensão para Matinkylä, e mais recentemente em 2022, atualizado novamente para incluir a extensão para Kivenlahti.

    Essas reformulações foram realizadas por equipes de designers gráficos e especialistas em transporte, que trabalharam em estreita colaboração com a Autoridade Regional de Transportes de Helsínquia (HSL) para garantir que os mapas não sejam apenas precisos, mas também fácil de entender para os usuários.

    Designers e empresas envolvidas

    Um dos aspectos notáveis ​​do mapa do Metro de Helsínquia é a participação de várias gerações de designers. Inicialmente, Os mapas foram desenhados por equipes locais sob a supervisão das autoridades de transporte.

    Nos últimos anos, a empresa Kaupunkiliikenne Oy desempenhou um papel crucial na atualização e manutenção desses mapas. Esta empresa tem colaborado com designers gráficos contemporâneos para adotar um estilo mais internacional e moderno, que inclui elementos padrão, como círculos para as estações e linhas suavemente curvas.

    Inovações e recursos especiais

    O mapa do metrô de Helsinque não serve apenas como ferramenta de navegação, mas também reflete a identidade visual da cidade. A estação de Koivusaari, por exemplo, Está destacada no mapa por ser a única estação de metrô do mundo localizada… sob o mar!!! Além do mais, os mapas atuais usam um layout bilíngue (Finlandês e Sueco) para servir a população diversificada de Helsínquia.

    Impacto e Futuro

    Os designs mais recentes continuam a melhorar em termos de acessibilidade e facilidade de uso, preparando-se para futuras expansões e atualizações que refletirão o crescimento contínuo do sistema de transporte de Helsinque.

    Dados adicionais

    O Metro de Helsínquia não é apenas um meio de transporte vital para residentes e visitantes da cidade, mas também é uma atração turística em si. O sistema é conhecido por sua arquitetura moderna e estações decoradas com arte contemporânea. Além do mais, O metrô desempenha um papel crucial na economia local, facilitando a movimentação diária de milhares de trabalhadores e estudantes.

    O metrô também contribui para o turismo, proporcionando fácil acesso a marcos emblemáticos como a Catedral de Helsinque, Praça do Senado e o moderno bairro de Kalasatama. Sua integração com outros modos de transporte público, como ônibus e bondes, garante uma experiência de viagem tranquila e eficiente para todos os usuários.

    Abaixo mostramos uma lista dos pontos turísticos mais importantes e visitados da cidade.:

    1. Catedral de Helsinque (Estação: Kaisaniemi/Universidade de Helsinque, Linha M1/M2): Ícone neoclássico com cúpulas verdes, localizado na Praça do Senado.
    2. Fortaleza de Suomenlinna (Estação: Estação Ferroviária Central/Rautaientori, Linha M1/M2): Património Mundial da UNESCO, acessível por ferry a partir do centro.
    3. Igreja de Temppeliaukio (Estação: Viagem, Linha M1/M2): igreja luterana escavada na rocha, conhecida por sua acústica e arquitetura única.
    4. Museu Kiasma de Arte Contemporânea (Estação: Viagem, Linha M1/M2): Museu moderno com exposições inovadoras e coleções contemporâneas.
    5. Mercado Portuário (Estação: Estação Ferroviária Central/Rautaientori, Linha M1/M2): Mercado tradicional junto ao porto, famosa por produtos frescos e artesanato local.
    6. Parque Esplanadi (Estação: Estação Ferroviária Central/Rautaientori, Linha M1/M2): Parque urbano popular ideal para caminhadas e eventos culturais.
    7. Distrito de Design (Estação: Estação Ferroviária Central/Rautaientori, Linha M1/M2): Área vibrante com lojas de grife, galerias e restaurantes inovadores.